Nosso Blog

Férias e Terapias, devemos temer uma “regressão” no tratamento?

Todos aguardamos o período das férias que são tão necessários a família, e a para criança com TEA não seria diferente.

É uma oportunidade rica de novos estímulos, experiências e o descanso que revigora as energias.

Nós no Centro de Reabilitação Religare oferecemos o padrão ouro de Intervenção para o TEA que compreende as Práticas dentro da Análise do Comportamento Aplicada com a Visão ímpar Religarem, com isto nossos pacientes têm tratamento Intensivo, com horas de Intervenção Interdisciplinar, dentro de um planejamento personalizado, baseado nas necessidades e habilidades dos pacientes.

Os ganhos são evidentes e repercutem na vida dos pacientes que é o objetivo maior de todo nosso trabalho.

Por conta deste processo que funciona é razoável a preocupação de muitas famílias a respeito da falta de Terapias no período de férias.

Ressaltamos sempre a importância da família no tratamento do paciente, ela compõe conosco a “força-tarefa” que levará avante a evolução do paciente, ou seja, tudo que o paciente ganhou, adquiriu, aprendeu, estará em manutenção pela família em casa.

A família não deve se preocupar caso a criança apresente excessos comportamentais neste período, como ecolalias, estereotipias, afinal férias é uma quebra de rotina, com estímulos novos.

Até para momentos prazerosos é necessário aquele período de adaptação.

Todos precisamos de um ambiente aconchegante e de descanso, junto com os nossos, as férias cumprem bem esse papel.
Abrir Conversa
Entre em contato conosco!
Entre em contato conosco!