Nosso Blog

Você sabe o que é neuropsicologia?

Introdução

É comum que muitas pessoas apresentem essa dúvida, não se preocupe, afinal não é uma profissão tão comentada quanto a de um psicólogo propriamente dito. Aliás, se você quer saber mais sobre o que faz um psicólogo e como ele atua, clique aqui que temos um post completo sobre o tema! Portanto, a fim de explica-los(as) o que é neuropsicologia ou qual profissional recorrer para auxiliar você e sua família a terem um melhor bem-estar, continue lendo que a conversa de hoje será bem construtiva!

Como atua o neuropsicólogo?

Em primeiro lugar vale ressaltar um pouco da história da neuropsicologia para que entendamos melhor como o profissional atua. Sendo assim, a neuropsicologia é sobretudo uma ciência que começou o seu processo de nascimento no século XVII (17), principalmente após a publicação de trabalhos de grandes pensadores daquele período, como René Descartes. Ainda assim, ela passa a surgir como uma ciência (com métodos e estruturas) na primeira metade do século XX à partir das obras e pesquisas de Alexander Romanovich Luria, entre outros.

Dentro disso, observa-se que a neuropsicologia naturalmente faz parte da psicologia, e ao mesmo tempo, integra uma especialidade da ciência que anda lado a lado com a neurologia (em suma, a especialidade médica que identifica e trata distúrbios estruturais relacionados ao sistema nervoso). Sendo assim, o profissional de neuropsicologia deve em um primeiro momento obter a graduação em psicologia para então se especializar no tema. Além disso, é necessário que o profissional comprove o conhecimento adquirido para obter o título com o Conselho Federal de Psicologia.

Portanto, o neuropsicólogo atua não só avaliando, mas também investigando, criando hipóteses diagnósticas, e por sua vez, criando a melhor forma de tratamento para o(s) paciente(s).

Como funciona a avaliação neuropsicológica?

É aqui onde o neuropsicólogo investigará as funções cognitivas do paciente, incluindo não apenas linguagem como também suas funções executivas, memória e atenção. Para tal, o profissional entrevista não só o paciente como também seus familiares, aplicando exames de imagem, testes e escalas. Desse modo, depois desse processo o profissional é capaz de criar e apresentar um relatório do perfil neuropsicológico do indivíduo.

É importante ressaltar que o neuropsicólogo não diagnostica, ele pode no máximo criar hipóteses diagnósticas, já que quem faz o diagnóstico final é um médico. O neuropsicólogo portanto aborda as dificuldades e habilidades do paciente, e é com base nisso que o médico fecha um diagnóstico.

Isso não torna o trabalho do neuropsicólogo menos importante, pelo contrário, é através da avaliação feita por esse profissional que se tem a união da personalidade com as capacidades cognitivas do paciente. Isso é fundamental no que se trata de identificar, acompanhar e tratar transtornos de personalidade que são acompanhados de déficts cognitivos. Desse modo, alterações no humor ou quadros de depressão e ansiedade também podem causar déficit cognitivo, ressaltando a importância do profissional.

Então o neuropsicólogo pode propor um tratamento?

Sem dúvidas, após o diagnóstico o neuropsicólogo não só pode como deve indicar o melhor planejamento para tratar o paciente. Dentro desse planejamento, a fim de promover o próprio profissional pode atuar no tratamento, ou, caso ele(a) ache necessário pode encaminhar o paciente para profissionais indicados, tudo dependerá do caso. É com base no tratamento que o neuropsicólogo irá trabalhar o que está em déficit e aprimorará as habilidades que o paciente já possui. É sempre importante ressaltar que, embora o profissional possa atuar dessa forma, caso o paciente precise de medicamentos, quem pode prescrever e indicar os melhores remédios é o médico.

Quando devo procurar um neuropsicólogo?

No que se trata a sintomas ou sinais ligados à problemas que envolvem emoções, pensamentos ou comportamentos, é aí que se deve procurar um neuropsicólogo. Já quando a criança (ou adolescente/adulto) apresenta quadros ou queixas físicas, deve-se procurar um clínico geral. Claro, a união dos dois profissionais pode fazer toda a diferença no tratamento. Com base nisso, conforme dito acima, tanto o clínico geral quanto o neuropsicólogo proporão um diagnóstico inicial e indicarão o melhor tratamento ou encaminhamento para profissionais de outras áreas, como um(a) psiquiatra, neurologista ou até mesmo o próprio neuropsicólogo.

Ainda assim, existem alguns sinais que indicam a necessidade de procurar um neuropsicólogo. Se o indivíduo possui prejuízos na cognição que interferem nos relacionamentos pessoais, no trabalho, escola ou rotina diária, é uma boa recomendação procurar um neuropsicólogo.

Caso o paciente tenha passado dos 60 anos de idade e comece a apresentar problemas de memória, por exemplo, é necessário investigar para fazer o tratamento o quanto antes, já que pode se tratar de quadros degenerativos progressivos.

Onde eu posso encontrar neuropsicologia para minha família?

Nós da clínica Religare possuímos os melhores profissionais para acolher você e sua família. Contamos com uma equipe de avaliação que irá analisar minunciosamente o caso individual de cada um e propor o melhor tratamento. Além disso, não só contamos com neuropsicólogos como também psicólogos com abordagem ABA e que aplicam psicoterapia em pais, cuidadores ou familiares (afinal todos merecem a promoção do bem-estar e saúde, né?). Também contamos com Psicopedagogos, Terapeutas Ocupacionais, Fonoaudiólgoos, Musicoterapeutas, Psicomotricistas, Fisioterapeutas e Hidroterapeutas, tudo para que todos, através de uma abordagem interdisciplinar, tenham melhorias em todos os âmbitos da vida.

Ademais, outro diferencial da Religare são nossos equipamentos! Possuímos a melhor tecnologia do mercado para oferecer à você e sua família o melhor desenvolvimento possível. Você já ouviu falar na Mesa Educacional Alfabeto? Somos a primeira clínica do mundo a utilizar dessa tecnologia para tratar crianças com as mais diversas síndromes ou transtornos! Para saber mais clique aqui.

Gostou do nosso conteúdo e quer agendar uma visita? Faça isso agora mesmo através do número (11) 4319-2522, será um prazer recebe-los(as). Aguardamos vocês!

Abrir Conversa
Entre em contato conosco!
Entre em contato conosco!